• Dra. Tatiane Rodrigues

Comprei um imóvel e não constava indisponibilidade na matrícula

Atualizado: 1 de mar.





O provimento 39/2014 do CNJ é o responsável pela Central Nacional de Indisponibilidade de bens (CNIB). Essa central recebe a comunicação de indisponibilidade de bens imóveis, tal comunicado de indisponibilidade deve ser averbada na matrícula, que constará o seguinte:




A central foi criada para dar segurança, já que um problema comum era que não era averbada na matrícula a indisponibilidade.



Hoje, no momento da escritura não basta apenas consultar a matrícula para verificar a questão da indisponibilidade de bens, o tabelião de notas deve consultar o CNIB. Veja que, estamos falando de algo que o tabelião é obrigado a fazer.



Assim, se foi feita uma escritura e não consta na matrícula a indisponibilidade, se o tabelião descumprir sua obrigação de consultar o CNIB poderá ser responsabilizado se quem está comprando o imóvel sofrer algum prejuízo. Também poderá ser responsabilizado o Registrador se deixou de averbar a indisponibilidade na matrícula.




Se este texto te ajudou, não se esqueça de deixar nos comentários o que achou e de compartilhar com seus amigos e familiares, isso é muito importante para nós!


E se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto, pode entrar em contato por meio do e-mail: contato@rodriguesefelix.adv.br, do WhatsApp que está abaixo ou também no meu perfil no Instagram: @tatiane.adv.




Escrito por:



Alguns textos sobre matrícula e cuidados na compra de imóvel que podem ser do seu interesse:

Participe da lista VIP

Aprenda sobre seus direito com nosso time de especialistas TOTALMENTE DE GRAÇA!
arrow&v

Seja bem vindo! 
Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.