top of page
  • Dra. Tatiane Rodrigues

Procuração para representar proprietário do imóvel

Atualizado: 7 de mar.


(imagem retirada do site canva)


Quando o dono está vendendo o imóvel e é representado por um terceiro, deve ser feita uma procuração para representar o proprietário do imóvel.


Porém, a procuração para representar o proprietário do imóvel deve observar alguns detalhes, caso não preencha os requisitos não poderá ser utilizada na venda do imóvel.


1 O que é procuração?

A procuração é o documento em que uma pessoa dá poderes para uma outra representá-la em determinadas situações.


No momento de fazer a procuração é colocado em que situações o terceiro tem autorização para participar, o que pode ser feito, quais os limites da representação e, até mesmo, se quiser, um prazo de validade da procuração.


Portanto, no documento pode ser colocado apenas os poderes gerais e pode ser colocado os poderes específicos, por exemplo, o poder de alienar o imóvel.


2 Quem são as partes da procuração?

A procuração tem as seguintes partes:


  • Mandante: quem outorga poderes para terceiro.

  • Procurador: o terceiro que irá representar o mandante.


3 Como é feita a procuração?

A procuração pode ser feita por meio de um documento particular, em que as próprias partes fazem e assinam o documento. Pode ser com assinatura com o reconhecimento de firma ou sem o reconhecimento, vai depender da situação.


Por exemplo, a procuração para um advogado te representar em um processo não precisa de reconhecimento de firma, porém, para o advogado te representar no Registro de Imóveis a procuração tem que ser com a firma reconhecida da assinatura.


Também existe a procuração pública, que é feita no Cartório de Notas.


4 Como deve ser feita a procuração para a venda do imóvel?

O primeiro ponto que deve ser observado é que, para a venda do imóvel não pode ser usada uma procuração com poderes gerais. Deve existir poderes específicos para a venda do imóvel.


Além do poder específico para a venda, na procuração deverá constar a descrição do imóvel que será vendido.


E por fim, um detalhe importante, a procuração deve ser pública. Portanto, não adianta a pessoa apresentar uma procuração particular para representar o vendedor.


5 Modelo de procuração para representar proprietário do imóvel

Vamos apresentar um modelo básico de como deve ser feita a minuta da procuração pública. Dependendo do caso, pode ser colocado outros poderes e detalhes. Lembre-se que, para a venda de imóvel não pode ser usada procuração particular.

[...] Confere a este procurador amplos e gerais poderes para vender, compromissar a venda, ceder e transferir direitos ou obrigações, anuir ou de qualquer outra forma alienar, a quem convier, pelo preço e condições que convencionar, o seguinte imóvel: DESCRICAO DO IMOVEL, CEP AAAAAAAA, no XXº Subdistrito - BAIRRO ou SUBDISTRITO, no Distrito, Município, Comarca e XXº Oficial de Registro de Imóveis da comarca de NNNNNNNNNNNNNNNNN, perfeitamente descrito e caracterizado na matrícula nº 000000, podendo para tanto, dito procurador, assinar e outorgar as escrituras que forem necessárias, públicas ou particulares, provisórias ou definitivas, receber, passar recibos e dar quitações, estipular cláusulas e condições, estabelecer preços, forma e local de pagamento, assinar recibos de sinal e princípio de pagamento, transmitir posse, domínio, direitos e ações, dar característicos, metragens e confrontações, autorizar registros e averbações; retificar, ratificar, rescindir, responder pela evicção legal, representá-lo perante quaisquer repartições públicas federais, estaduais ou municipais, autarquias, prefeituras serviços notariais e registrais, e onde mais for preciso, tudo assinando, promovendo ou requerendo, juntar e desentranhar documentos, assinar formulários e requerimentos, prestar informações e esclarecimentos, acompanhar os processos administrativos, pagar os tributos e emolumentos devidos, aceitar recibos e quitações; enfim, praticar todos os atos necessários ao fiel cumprimento do presente mandato, sendo sendo vedado o seu substabelecimento no todo ou em parte, com ou sem reserva de poderes. [...]

No modelo não colocamos os limites de valores e formas de negociação do imóvel. De acordo com o caso, é interesse colocar na procuração por qual valor o bem deve ser vendido e bem como a forma de pagamento.


Fonte:


Blog do 26º Tabelionato de Notas. Link para acesso: https://www.26notas.com.br/blog/wp-content/uploads/2013/03/Minutas-para-estudo_Livro-Tabelionato-de-Notas_2013.pdf (acesso em 11 de maio de 2021).


 

Se este texto te ajudou, não se esqueça de deixar nos comentários o que achou e de compartilhar com seus amigos, isso é muito importante para nós!


E se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto, pode entrar em contato por meio do e-mail: contato@rodriguesefelix.adv.br, do WhatsApp que está abaixo ou também no meu perfil no Instagram: @tatiane.adv.



* Respondemos mensagens no WhatsApp, e-mail e Instagram em dias úteis durante o horário comercial (das 9h às 17h). Não respondemos dúvidas que são orientações jurídicas ou que dependem da análise do caso sem a contratação de uma consulta.



Escrito por:




Outros textos que podem ser do seu interesse:

Comments


Participe da lista VIP

Aprenda sobre seus direito com nosso time de especialistas TOTALMENTE DE GRAÇA!

Seja bem vindo! 
Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

* Respondemos mensagens no WhatsApp em dias úteis durante o horário comercial (das 8h às 18h).

bottom of page