top of page
  • Dra. Tatiane Rodrigues

Como fica a situação do locatário que é transferido pelo seu empregador em razão do seu trabalho?

Atualizado: 8 de mar.

Um dos direitos do locatário quando acontece a transferência pelo seu empregador em razão do seu trabalho é a isenção de multa por devolução do imóvel antes do fim do contrato.



1 A isenção da multa caso o locatário seja transferido pelo seu empregador

A lei do inquilinato (Lei 8.245/91) prevê a possibilidade de o locatário sair do imóvel antes do final do prazo do contrato sem pagar a multa se houver a transferência pelo empregador, vejamos o que diz a lei:


Art. 4º.  Durante o prazo estipulado para a duração do contrato, não poderá o locador reaver o imóvel alugado. Com exceção ao que estipula o § 2º do art. 54-A, o locatário, todavia, poderá devolvê-lo, pagando a multa pactuada, proporcional ao período de cumprimento do contrato, ou, na sua falta, a que for judicialmente estipulada. 
Parágrafo único. O locatário ficará dispensado da multa se a devolução do imóvel decorrer de transferência, pelo seu empregador, privado ou público, para prestar serviços em localidades diversas daquela do início do contrato, e se notificar, por escrito, o locador com prazo de, no mínimo, trinta dias de antecedência.

O primeiro ponto que ressaltamos é que mesmo que no contrato não esteja falando nada sobre esta possibilidade, por estar na lei, o inquilino tem direito a isenção, desde que preenchido os requisitos.


De acordo com a lei, são os requisitos para ter direito à isenção:

  • Transferência pelo empregador que implica em prestar serviço em cidade diversa.

  • Se for notificado o locador, por escrito, com no mínimo 30 dias de antecedência da rescisão do contrato.


1.1 Fui demitido e terei que mudar de cidade, terei que pagar a multa?

Caso a alteração de cidade seja por conta de demissão o inquilino não tem direito a isenção, devendo assim, pagar a multa contratual pela rescisão antecipada.


E a multa é devida mesmo que ao mudar de cidade consiga um novo emprego, já que esta hipótese não está prevista na lei.


1.2 E se não for enviado notificação por escrito com no mínimo 30 dias de antecedência?

A lei é bem clara que deve ser enviada a notificação por escrito e com no mínimo prazo de 30 dias de antecedência, caso não seja observado este requisito o inquilino perderá o direito de isenção da multa.


1.3 A isenção também abrange aluguel?

Não, a isenção é somente para a multa, deve ser pago normalmente o aluguel do imóvel, bem como os acessórios e reparos que forem necessários.


1.4 A isenção também é aplicada para empresários ou se a transferência acontecer por iniciativa do locatário?

Não, a isenção só se aplica em caso de a transferência do local de trabalho acontecer pelo empregador, se a transferência foi iniciativa do inquilino, a multa pela rescisão do contrato é devida. Vejamos:


Locação. Bem imóvel. Multa por resilição antecipada do contrato de locação. Inaplicabilidade do parágrafo único do art. 4º da Lei n. 8.245 /91. Transferência que ocorreu por iniciativa do próprio locatário, que é empresário. Impossibilidade de interpretação analógica. Transferência que deve ocorrer por determinação do empregador. Incidência de juros de mora regular. Certeza e exigibilidade da obrigação. Presunção juris tantum de que o título executivo extrajudicial preenche esses atributos. Sucumbência mantida. Recurso improvido. (TJSP 00145728920098260019).
 

Se você está com algum problema relacionado a contrato de locação, é importante que você contrate um advogado especializado de sua confiança para auxiliá-lo da melhor forma possível, para que seus direitos sejam respeitados e que se possa evitar maiores prejuízos.


Você pode entrar em contato nosso escritório por meio do e-mail: contato@rodriguesefelix.adv.br, do WhatsApp que ou também no meu perfil no Instagram: @tatiane.adv ou no perfil do escritório @rodriguesefelix.



* Respondemos mensagens no WhatsApp, e-mail e Instagram em dias úteis durante o horário comercial (das 9h às 17h). Não respondemos dúvidas que são orientações jurídicas ou que dependem da análise do caso sem a contratação de uma consulta.


Escrito por:


Outros textos que são do seu interesse:


Comments


Participe da lista VIP

Aprenda sobre seus direito com nosso time de especialistas TOTALMENTE DE GRAÇA!

Seja bem vindo! 
Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

* Respondemos mensagens no WhatsApp em dias úteis durante o horário comercial (das 8h às 18h).

bottom of page