top of page
  • Dra. Adriane Felix

Quem é emancipado perde a pensão alimentícia?

Atualizado: 5 de mar.

No tocante a pensão alimentícia, é muito comum que quem paga e quem recebe tenham dúvidas sobre a questão do pagamento da pensão alimentícia. Neste texto vamos tratar sobre o seguinte assunto: quem é emancipado perde o direito a pensão alimentícia?




1 O que é emancipado?

Emancipado é o adolescentes que antes de completar 18 anos conseguiu adquirir sua independência, sendo responsável por seus atos cíveis.


Vamos lembrar que, o Código Civil estabelece que é partir dos 18 anos que o sujeito é responsável por seus atos cíveis, portanto, a emancipação é antecipar essa responsabilidade antes dos 18 anos.


A emancipação exige o preenchimento de alguns requisitos, sendo que, o principal deles é a questão que só pode haver a emancipação do adolescente que tem a partir 16 anos, não sendo possível para menores de 16 anos.


Não vamos tratar aqui quais são os demais requisitos, tipos de emancipação e nem os procedimentos, isso deve ser analisado em um texto próprio sobre o assunto.



2 Quem é emancipado perde a pensão alimentícia?

A emancipação do adolescente não encerra automaticamente a obrigação do(a) genitor(a) de ter que pagar a pensão alimentícia, logo, quem é emancipado não perde automaticamente o direito a pensão alimentícia.


É necessário uma análise individual de cada caso, para que seja verificada a necessidade da continuidade do pagamento da pensão alimentícia e a capacidade de quem paga. Logo, há casos que com a emancipação haverá o encerramento da obrigação do pagamento da pensão alimentícia e já em outros, o emancipado continuará recebendo o pagamento da pensão alimentícia.


Essa análise da necessidade ou não, é realizada por meio da ação de exoneração de alimentos. É neste processo que o juiz irá analisar o caso e verificar se é caso de continuidade ou encerramento do pagamento da pensão alimentícia.


Em hipótese alguma o pagamento da pensão alimentícia pode ser encerrado sem uma autorização judicial. Somente quando o juiz der a autorização é que pode deixar de pagar a pensão.



 

Se você está com algum problema relacionado com pensão alimentícia, é importante que você contrate um advogado especialista de sua confiança para auxiliá-lo da melhor forma possível, para que seus direitos sejam respeitados e que se possa evitar maiores prejuízos.


Você pode entrar em contato nosso escritório por meio do e-mail: contato@rodriguesefelix.adv.br, do WhatsApp também no perfil do instagram do escritório @rodriguesefelix. 





* Respondemos mensagens no WhatsApp, e-mail e instagram em dias úteis durante o horário comercial (das 9h às 17h). Não respondemos dúvidas que são orientações jurídicas ou que dependem da análise do caso sem a contratação de uma consulta.



Escrito por:



Outros textos que podem ser do seu interesse:




Kommentare


Participe da lista VIP

Aprenda sobre seus direito com nosso time de especialistas TOTALMENTE DE GRAÇA!

Seja bem vindo! 
Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

* Respondemos mensagens no WhatsApp em dias úteis durante o horário comercial (das 8h às 18h).

bottom of page