top of page
  • Dra. Adriane Felix

Quem paga as dívidas do falecido?

Atualizado: 7 de mar.

Sabemos que quando um ente querido falece, todos os seus bens, direitos e deveres são deixados para os seus herdeiros, não é mesmo? Porém estamos acostumados com a possibilidade de herdar, carros, casas, terrenos, dinheiro, joias etc, mas as dívidas que o falecido deixou não, pois muitos acham que caduca, não é verdade?


Primeiramente, quando uma pessoa falece, todo o patrimônio que ela deixou, agora vamos chamar de espólio do falecido, seja o lado positivo (bens e valores) ou negativos (dívidas).


É importante lembrar que com o falecimento a dívida não extingue, a dívida não caduca, ao contrário disso a dívida ainda existe, e elas precisam ser listadas, uma vez que no momento de fazer o inventário, será listado todo o patrimônio deixado pelo falecido, e, os herdeiros serão responsáveis pela dívida, no limite da herança.


Ou seja, os herdeiros não vão pagar pela dívida tirando dinheiro do seu próprio bolso, mas quem irá pagar será o próprio falecido, na medida do patrimônio deixado.


Exemplo 01: Vamos imaginar a seguinte situação, Gertrudes faleceu, e deixou um patrimônio positivo avaliado em R$ 600.000,00, porém, Gertrudes também tinha uma dívida no valor de R$ 550.000,00, assim, tendo vista que patrimônio positivo de Gertrudes é maior que o patrimônio negativo, os bens de Gertrudes serão utilizados para pagar sua dívida, e, apenas o saldo remanescente serão partilhados entre os herdeiros, ou seja, o patrimônio remanescente corresponde a R$ 50.000,00, e esse será partilhado entre os herdeiros.


Exemplo 02: Gertrudes deixou um patrimônio positivo avaliado em R$ 600.000,00, porém também deixou uma dívida no mesmo valor de R$ 600.000,00, neste caso, o patrimônio de Gertrudes será utilizado para quitar sua dívida, logo os herdeiros não terão quaisquer valores a receber a título de herança.


Exemplo 03: Gertrudes deixou um patrimônio positivo avaliado em R$ 600.000,00 e deixou uma dívida no valor de R$ 700.000,00, neste caso, a patrimônio positivo de Gertrudes será utilizado para pagar o máximo possível da dívida, ficando a cargo do credor o saldo negativo de R$ 600.000,00.


É importante frisar que, os herdeiros não possuem obrigação de quitar a dívida do falecido com seus recursos próprios, logo as dívidas sempre serão quitadas no limite da herança deixada pelo falecido.


 

Se você está com algum problema relacionado com inventário, é importante que você contrate um advogado especializado de sua confiança para auxiliá-lo da melhor forma possível, para que seus direitos sejam respeitados e que se possa evitar maiores prejuízos.


Você pode entrar em contato nosso escritório por meio do e-mail: contato@rodriguesefelix.adv.br, do WhatsApp também no perfil do instagram do escritório @rodriguesefelix.




* Respondemos mensagens no WhatsApp, e-mail e Instagram em dias úteis durante o horário comercial (das 9h às 17h). Não respondemos dúvidas que são orientações jurídicas ou que dependem da análise do caso sem a contratação de uma consulta.



Escrito por:



Outros textos que possam ser do seu interesse:


Comments


Participe da lista VIP

Aprenda sobre seus direito com nosso time de especialistas TOTALMENTE DE GRAÇA!

Seja bem vindo! 
Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

* Respondemos mensagens no WhatsApp em dias úteis durante o horário comercial (das 8h às 18h).

bottom of page